Contorno corporal (abdominoplastia, braquiplastia, dermolipectomia das coxas, lipoescultura, gluteoplastia)

A abdominoplastia consiste numa intervenção cirúrgica que pretende remover o excesso cutâneo e de gordura do abdómen e aumentar a tensão nos músculos retos da parede abdominal através de uma plicatura muscular. O resultado é um melhor contorno abdominal, eliminando a flacidez e diastase muscular prévias, que frequentemente acompanham a gravidez e alterações ponderais (aumento e redução de peso).

A braquiplastia e a dermolipectomia das coxas permitem igualmente remover o excesso cutâneo e de gordura dos braços e coxas, respetivamente.

A lipoescultura é um procedimento estético que pretende modelar o contorno corporal. Inclui a remoção de adiposidades localizadas em várias regiões anatómicas (abdómen, dorso, braços, coxas). A intervenção é realizada através de pequenas incisões (0,5 cm a 1,0 cm) localizadas em zonas não percetíveis, com introdução de cânulas de reduzidas dimensões e ligadas a um sistema de vácuo que permite efetuar uma pressão muito alta. Deste modo é possível a remoção do excesso de gordura, e com a retração cutânea antecipada, obter-se um melhor contorno corporal.

A gluteoplastia de aumento é o procedimento de aumento das nádegas. Tem por objetivo projetar e dar volume à região nadegueira por motivos estéticos (perda de volume e/ou queda), bem como corrigir deformidades adquiridas (sequelas de traumatismos) e congénitas (agenesias ou distúrbios no desenvolvimento). O objectivo é a obtenção de uma harmonia entre a projeção da nádega, a curvatura da coluna, a cintura e a configuração dos quadris. A gluteoplastia de aumento pode ser realizada com a utilização de tecidos autólogos, próprios do organismo (gordura, retalho dermoadiposo, retalho muscular) ou materiais artificiais (prótese, ácido hialurónico - Macrolane®, etc.). Há casos em que além do aumento do volume glúteo, executa-se o lifting ou elevação glútea.

 

Anterior

Casos Clínicos

Aviso

 

A página que está a tentar aceder contém imagens que poderão ferir a susceptibilidade dos leitores mais sensíveis. Deseja continuar?

 

Não

Sim